02022020




Vista da janela, a cidade debaixo de chuva;
suas luzes neon, refletidas em poças, distorcidas
pelo gotejar, pelo desordenado e grave solo;
o mar que avança pelo vale longo, trazendo consigo as quatro;
armar, com a qual castigam o concreto;
a brutalidade em fase, o transe e o tambor conduzem ao molecular,
à possibilidade de reconstrução;
mas antes, ao desolamento e à suspensão.

Som - Paulo Dantas
Capa - Julia Furtado

Agradecimentos especiais a Bianca Tossato, Fernanda Paixão, Natália Carrera e Rebecca Nora; Alan Athayde e Clara Anastácia